O Diferencial da Cidade há 23 anos
O Diferencial da Cidade há 23 anos

Pesca predatória preocupa pescadores em Aquiraz

Pescadores da comunidade do Batoque querem fiscalização e incentivo.
Ceará é o estado que mais produz pescado por ano, diz Ministério.

A pesca predatória é uma das preocupações dos pescadores da comunidade do Batoque em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. Eles querem mais fiscalização e incentivos para permanecer na atividade. Os barcos à vela continuam trazendo o sustento para a comunidade localizada no litoral leste e a pesca artesanal é mantida pela insistência de pescadores.

Segundo o Ministério da Pesca e Aquicultura, o Ceará ocupa o primeiro lugar no país em produção de pescado. O estado também ocupa o topo na lista em consumo. São 88.694 toneladas de pescado produzidos por ano, valor que não anima quem vive da pesca artesanal. Sem estrutura, investimentos e incentivos por parte do Governo, eles se queixam que está cada dia mais difícil.

Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), apenas um barco faz a fiscalização de todo o litoral cearense. Ele atua quando o órgão recebe algum tipo de denúncia. Atualmente, o barco está na região do Batoque, em Aquiraz. Com relação a falta de incentivos, o Ministério da Pesca e Aquicultura disse que tem programas e linhas de créditos voltados para os pescadores artesanais. Confira mais informações no site do Ministério.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + treze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.